20 curiosidades sobre livros que você ainda não sabe – Parte 2

Tudo o que você não sabia sobre o mundo da literatura.

“Um leitor vive 100 vidas antes de morrer. Um homem que nunca lê vive apenas uma”. Essa é uma das frases mais famosas do livro de George R.R. Martin, “A Dança dos Dragões”, obra que faz bastante sucesso não só nos Estados Unidos mas também no Brasil.

E, realmente, quem lê com frequência descobre uma série de benefícios importantíssimos e super valiosos: uma maior inteligência emocional e sensitiva, um maior poder cognitivo e de compreensão.  Sem contar que ler estimula a nossa memória, a nossa imaginação, une as pessoas e faz com que nós possamos viver em mundos diversos e conhecer histórias incríveis. Quem lê nunca se sente sozinho.

Se você assim como a gente, é apaixonado pela leitura, com certeza vai ficar de boca aberta com a continuação das 20 curiosidades sobre o universo da literatura, veja só!

11- Segundo a UNESCO, Agatha Christie é considerada a escritora mais traduzida mundialmente.

12- Paulo Coelho é o autor brasileiro que mais vendeu livros no mundo. Cerca de 70 milhões de exemplares.

13- J.K. Rowling, autora de “Harry Potter”, escreveu todos os livros da saga à mão.

14- “Alice no País das Maravilhas” chegou a ser proibido de ser vendido na China por ter como personagens “animais que falavam”.

15- Franz Kafka não queria que seus livros “O Castelo”, “O Processo” e “Amerika” fossem lançados. Antes de morrer, ele havia pedido que seu amigo queimasse os manuscritos. (Ainda bem que isso não aconteceu!)

16- O cheiro dos livros agrada a tanta gente porque…   o papel dos livros é feito com polpa de madeira e possui uma grande quantidade de substâncias orgânicas. Quando estas reagem à luz, ao calor e à humildade, libertam compostos orgânicos voláteis, que se traduzem num aroma a baunilha, a amêndoa ou flores, evocando memórias positivas.

17- Nos livros de Sherlock Holmes, o protagonista nunca chega a dizer a célebre frase “Elementar, meu caro Watson”.

18- Todo o lucro de vendas do livro Peter Pan, de J. M. Barrie, reverteu a favor do Great Ormond Street Hospital for the Sick Children, em Londres.

19- Se a Wikipedia fosse um livro, teria 1133500 páginas, o equivalente a 2267 volumes. Infelizmente, a edição tornar-se-ia desatualizada mal fosse impressa.

20- A biblioterapia, desenvolvida com base numa investigação do psiquiatra Neil Frude, em 2003, concluiu que os livros têm potencial para se assumir como substitutos dos anti-depressivos.  Esta conclusão vai a par e passo com uma das citações de Nilza Rezende que adoramos: “Talvez a missão da literatura seja a mesma da psicanálise: salvar-nos dos nossos monstros”.

Fonte: Viseu