Conheça as 10 bibliotecas mais bonitas do mundo – Parte 2

Principais construções estão localizadas nos EUA e Europa!

Vamos continuar com as bibliotecas mais lindas do mundo! Todas com uma arquitetura surpreendente que com certeza é o sonho de qualquer leitor de um dia conhecer. Veja só!

6 – Biblioteca Sainte Geneviève (Paris, França)

Desenhada por Henri Labrouste, a biblioteca foi inaugurada em 1851 e se tornou um dos projetos mais importantes da Europa.

O edifício histórico de Paris mistura estilos diferentes com elementos e decorações de ferros.

A sala oval de Richelieu é a sede mais antiga da atual Biblioteca Nacional da França, e abriga grandes janelas, colunas e uma cúpula que dá leveza e elegância ao ambiente.

7 – Biblioteca Pública de Kansas City (Estados Unidos)

Criada em 1873, a biblioteca tem uma fachada muito original que representa uma estante gigante de 22 livros, cujos títulos são os mais lidos do mundo e foram escolhidos em um concurso público. Entre os principais escritores estão Platão, Shakespeare, Dickens, Tolkien, García Márquez e muitos autores norte-americanos, incluindo Harper Lee.

Dentro da biblioteca há grandes espaços para crianças, conferências e mostras dedicadas à história local e nacional.

8 – Biblioteca do Congresso (Washington, Estados Unidos)

Construído em 1897, o edifício neoclássico majestoso “Thomas Jefferson” detém 28 milhões de livros, mais de 50 milhões de manuscritos, sendo a melhor coleção de livros raros da América do Norte e a maior coleção de filmes, mapas, partituras e gravações de som.

9 – Biblioteca Nacional Marciana (Veneza, Itália)

É uma das mais antigas na Itália. Em seus dois andares estão distribuidos belas coleções de manuscritos gregos, latinos e orientais, volumes raros, atlas, além de mapas.

O primeiro a doar uma coleção de livros ao local foi o cardeal Basílio Bessarion em 1468. A biblioteca ocupa parte de um edifício na Piazza San Marco, na margem do Grande Canal.

10 – Biblioteca Central de Seattle (Estados Unidos)

Projetado em 2004 pelos arquitetos holandeses Rem Koolhaas e Joshua Prince-Ramus, a estrutura futurista de vidro e aço da biblioteca apresenta um original conjunto de painéis e passarelas suspensas onde estão mais de um milhão e meio de livros.