topo_site_resenhaskagboys

RESENHA: Skagboys

“Skagboys” é o terceiro e último dos livro que começaram com “Trainspotting”, mas por causa da história se passar 20 anos antes do primeiro, ele é considerado o prequel dessa série escrita pelo romancista e roteirista escocês Irvine Welsh. Veja a resenha:

Skagboys encerra a trilogia iniciada por Trainspotting, que rendeu a Irvine Welsh uma posição de destaque na literatura britânica contemporânea, e completada por Pornô, ambos publicados pela Rocco. Escrito quase duas décadas após Trainspotting, o livro situa-se cronologicamente como o primeiro da trilogia, mostrando o início do contato de Mark Renton, Sick Boy e sua turma de amigos com o mundo das drogas pesadas e a influência do contexto social escocês da década de 1970 sobre os personagens. Com tradução de Daniel Pellizzari e Daniel Galera, Skagboys é a melhor porta de entrada para a trilogia que, ao mostrar o pior viés possível do clichê “sexo, drogas e rock’n’roll”, revela como a farra e a diversão também podem ser uma forma de desespero.